História

O Apiário Padre Assis foi fundado em 1966, em homenagem a um padre cujo nome era Assis, o qual foi o grande incentivador para que o Senhor Adi Pozzatto criasse abelhas, algo que até então não era muito praticado na região. Para isso presenteou-lhe com cinco colméias móveis modelo Shenk, na época uma novidade, pois naquela região não se conhecia nenhuma caixa móvel.

Com isso Adi, juntamente com sua esposa, começaram a desenvolver no local esse novo ramo de atividade, a apicultura. No início eles tiveram grandes problemas, sua família e seus amigos os chamavam de loucos, pois questionavam como que eles iriam sobreviver trabalhando com abelhas. Mas Adi não se deixou abalar, sempre com muita garra, saiu de casa para fazer um curso de apicultura em Taquari onde ficou durante 15 dias, passando por dificuldades, como fome e frio, mas nunca desistiu de seu sonho de trabalhar com as abelhas. Sempre estudando e contando com o apoio de padre Assis.

No início da empresa foi muito difícil, pois toda a produção de mel era vendida de porta em porta, nas residências das cidades por onde ele andava. A partir de 1970 além do mel, começou a produzir também abelhas rainhas, geléia real e contratou uma pessoa para trabalhar com ele. Desenvolveu também um modelo próprio de colméias, além de técnicas para a alta produtividade dos enxames de abelhas, onde aumentou consideravelmente a produção.

Hoje a empresa trabalha com parcerias nas áreas de produção de mel, abelhas rainhas, geléia real, sendo no total 23 pessoas ligadas diretamente com a empresa. A empresa atua principalmente no mercado interno, onde apenas a produção excedente é exportada.

O Apiário Padre Assis foi fundado em 1966, em homenagem a um padre chamado Assis, o grande incentivador para que o Senhor Adi Pozzatto criasse abelhas, algo que até então não era muito praticado na região. Para isso presenteou-lhe com cinco colmeias móveis, modelo Schenk, novidades na época.

Com isso Adi, juntamente com sua esposa, começou a desenvolver no local esta nova atividade, a apicultura. Mesmo com grandes dificuldades Adi não se deixou abalar. Sempre com muita garra, saiu de casa para fazer seu primeiro curso de apicultura, na cidade de Taquari onde ficou durante 15 dias. Desde então, seguiu estudando e contando com o apoio de padre Assis em sua nova atividade.

No início toda a produção de mel era vendida de porta em porta, nas residências das cidades por onde ele andava. A partir de 1970, além do mel, começou a produzir também abelhas rainhas e geleia real. Nesta época, o Apiário contratou seu primeiro funcionário.

Com a experiência adquirida, desenvolveu seu próprio de colméias, além de técnicas para a alta produtividade dos enxames de abelhas, onde aumentou consideravelmente a produção. Hoje a empresa trabalha com parcerias nas áreas de produção de mel, abelhas rainhas, geleia real, sendo no total 23 pessoas ligadas diretamente a empresa.